Passada uma das datas mais importantes para o comércio brasileiro, tão aguardada pelos consumidores, a Black Friday, que demonstrou grande crescimento em nosso país nos últimos nove anos, aumento do ticket médio de R$450 por compra, em 2011, para R$608 no último ano, chega outro período também crucial para vender mais: o esperado Natal. E, para que o desempenho das entregas ocorra da forma correta, é preciso planejar a logística, tanto na produção como na distribuição.

O aumento das vendas e a sobrecarga das operações são os principais impactos causados pela sazonalidade logística. E eles são essencialmente importantes porque, qualquer falha em qualquer um dos dois, pode acarretar atrasos, custos e, o pior de tudo, deixar o cliente na mão.

A gente sabe que a entrega de produtos no prazo combinado é fundamental para fidelizar clientes. Portanto, é preciso criar estratégias para que a logística funcione durante o ano todo, de modo a evitar atrasos nas operações, mas sobretudo no final do ano, quando o movimento aumenta demais.
Aliás, a logística só será eficiente quando for vista como parte estratégica do negócio e não somente um fator operacional. Deve estar inserida no planejamento anual da empresa.
Em datas sazonais de alta demanda, como Dia das Mães, Black Friday e Natal, as ações devem ser planejadas com antecedência. Afinal, poucas empresas são tão flexíveis a ponto de aumentar substancialmente sua produção de uma hora para outra para atender a variação de demanda.
Além do mais, não dá para esperar chegar a data e tentar se organizar na hora da demanda.

Logística na alta demanda
Como se sabe que essas datas são especialmente importantes para as vendas, as previsões bem feitas de demanda de produtos auxiliam nas tomadas de decisões, fornecendo informações básicas para o planejamento e controle de produção, mão de obra, distribuição e logística.
Prateleiras cheias, vitrines decoradas e o clima de trocar presentes invadem o espírito natalino. Para o comércio, bom momento para aumentar as vendas. Para a logística, hora de lidar com muito mais mercadorias e entregas. Confira o que é preciso fazer para otimizar as operações logísticas e manter os clientes satisfeitos.

Dicas para atender a alta demanda
Habilidade para prever a demanda – utilize todas as ferramentas disponíveis para antecipar a demanda futura, considerando o crescimento das vendas no Natal passado. Antecipando a demanda, que nessa época pode ser até 10 vezes maior, é possível garantir o volume adequado de produtos em estoque e atender todos os clientes.
Para isso, busque fornecedores capacitados e confiáveis, que possam aceitar mudanças nas quantidades de pedidos, aceitar demandas súbitas e ter flexibilidade nos prazos de entrega. Antecipe a compra de matéria-prima, mantenha a equipe preparada e motivada para a atividade mais intensa e tenha à disposição equipamentos capazes de atender o crescimento obtido.
Planejamento é tudo! Com todos os números em mãos, faça o planejamento com antecedência para ter tempo de fazer todas as mudanças necessárias na operação logística.
Crie um plano de ação para a logística, a fim de evitar os problemas comuns nessa época. Antecipe os pedidos para os fornecedores para não ficar sem matéria-prima, e reforce o sistema de picking e packing para agilizar a entrega e para que o produto final, bem embalado, chegue ao destino final. Mercadorias vendidas nesta época do ano podem servir de presente, daí a importância de estarem bem embaladas.
Prazos de entrega – o cumprimento dos prazos de entrega dos produtos é extremamente importante para não causar frustração – já pensou comprar um presente de Natal que chega no ano novo? E também para fidelizar clientes.
Segurança – para otimizar as operações logísticas em datas sazonais, evitando qualquer tipo de risco para as cargas, é indispensável contratar uma empresa de logística confiável, que ofereça rastreamento da carga e do veículo.
Reformulação das rotas – o planejamento de rotas já é um desafio por si só para gerar economia e cumprir os prazos de entrega. Nas datas sazonais, quando aumentam o volume de vendas e os congestionamentos, reformular as rotas pode otimizar as operações logísticas, reduzindo viagens desnecessárias, desvios não programados, agilizando e oferecendo maior capacidade de entrega por veículo.

Aproveite as oportunidades de crescimento
Claro que é preciso se preparar para a alta demanda sazonal, mas jamais encare isso como um problema! Afinal, vender mais é oportunidade de crescimento. Então aproveite para lançar novos produtos e conquistar novos clientes, sem perder a qualidade.
É possível tornar a sazonalidade logística uma oportunidade de crescimento em vez de uma sobrecarga operacional.
O plano de preparação para o aumento de vendas inclui a busca de fornecedores capacitados, equipe preparada e disposição de equipamentos e sistemas capazes de atender o crescimento obtido.
As operações logísticas devem acompanhar novos planos e ser otimizadas, de forma que a empresa mantenha seu estoque e a distribuição seja feita no prazo combinado. Falhas nessas datas comemorativas não podem acontecer, sob risco de colocar tudo a perder.
Se tudo estiver sob controle, invista em estratégias de comunicação, faça promoções, divulgue seu produto para atrair a atenção do consumidor.